sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Whole 30...

Comecei a fazer Crossfit "a sério" em junho de 2014. E digo "a sério", porque a minha procura por um ginásio de Crossfit, que depois aprendi que se chama BOX ao local onde os crossfiters treinam, começou uns meses antes e por outras bandas. (mas isso fica para outras núpcias)

Desde então, quer queiramos ou não, a nossa vida muda. A nossa forma de olhar para o nosso corpo muda, muda também a forma como olhamos para o exercício físico e, principalmente, para aquilo que comemos. 

E é esse o meu ponto de partida do meu blogue renascido. Ponto de partida também para um desafio que a Ritinha me propôs. Claramente, ela é uma rapariga doida por me pedir que deixe a minha aveia com iogurte ao pequeno-almoço. Se bem que, no início de 2015, deixei o leite e o pão. Atualmente, raramente bebo leite e, ocasionalmente, dou um trinca numa torradinha com manteiga. E com isto, comecei a divagar sobre as delícias dos pequenos-almoços, umas das minhas refeições prediletas. Isso e os lanches... gosto taaaaanto!!! 

Mas então, a Ritinha introduziu-me ao Whole 30. O que é o Whole 30? Também não sabia. 
Resumindo, é um programa alimentar cujos objetivos são ensinar-nos a comer melhor e limpar o nosso organismo. Com isto, conseguimos perceber quais os alimentos que nos fazem ficar inchadas, com azia, cansadas, alimentos que nos causam alergias, por aí fora. 

É um programa alimentar de 30 dias e eu e a Ritinha vamos começá-lo dia 1 de Março de 2016. 
Já estou em pulgas! 




Sem comentários:

Enviar um comentário