quarta-feira, 30 de março de 2016

Pessoas lollipop

"Tu e essas dietas"
"Andas a passar fome"
"Comer ovos de manhã?"
"Só comes porcarias"
"Já se nota que emagreceste... 200 gramas"


O mais interessante é perceber que, se comesse bolos, pão com chourição e queijo, massas, croquetes e rissóis, croissants de chocolate, gelados, as pessoas nunca me diriam nada. Não se chegavam junto a mim a dizer: "Atenção, olha que isso faz mal. Estás a ficar gordinha", ou então, "Não achas que isso é açúcar a mais logo pela manhã?".   

Vejamos uma coisa, eu não passo fome e isto não é uma dieta, onde a sua definição implica emagrecer. Esta é sim uma dieta alimentar que me permite comer sem ficar mal disposta, cheia, enfartada. É uma dieta que tem objectivos específicos: limpar o organismo e ensinar as pessoas a comer. 
A pessoa que eu era com a comida no início do mês, mudou. Em alguns posts iniciais, assumi que não era uma cozinheira de mão cheia. Também não vou dizer que cozinho espectacularmente bem, porém, ao ver as dezenas de fotografias no meu blogue, orgulho-me de muitas refeições que fiz. Refeições que são saborosas, bonitas e saudáveis. Para quem não gostava de comer e não tinha muito jeito para cozinhar, não me portei nada mal. 

Pessoas... isto não é uma dieta, cujo objetivo é perder peso. Pode sê-lo, mas há quem o faço para engordar, como é o caso da Ritinha, uma das meninas que está no Whole comigo. 

Pessoas... eu não passo fome por comer ovos de manhã e verduras à hora do almoço. Eu alimento-me daquilo que preciso para ter energia, seja com maiores quantidades, seja com alimentos que me saciam mais do que outros. 

Pessoas... há o mundo das frutas frescas e dos frutos secos que ajudam nos intervalos entre as refeições. 


Sem comentários:

Enviar um comentário