quarta-feira, 11 de maio de 2016

As dietas da moda

Em tempos, a minha treinadora de crossfit, Amelia Tilden (aqui fica a sua página: Sudden Sweat), deu uma palestra sobre nutrição. Falou sobre a dieta do paleolítico, que está em voga, mas também da dieta por blocos ou Diet Zone.

Quanto à Dieta da Paleolítico há uma série de artigos na internet sobre o assunto. Desde há uns tempos que só se ouve falar disto. Deixo-vos o link do site do 24 Kitchen, onde há um programa dedicado à dieta do paleolítico. Há também alguns livros que me foram recomendados pela Ritinha, entre eles o "Energia Paleo", de Mark Sisson.

Vou-me deter agora sobre a Diet Zone.
Os benefícios para a saúde são vistos ao final de uma semana e com o passar do tempo mais sinais de uma vida saudável vão aparecendo. Principalmente para as mulheres, que sofrem com as oscilações hormonais do período, ter uma alimentação saudável é meio caminho para alcançar um equilíbrio emocional.

A base desta alimentação é comer por blocos ou porções. Blocos ou porções de proteína, carbo-hidratos e gorduras. Inicialmente não é fácil, porque há a necessidade de pesar a comida (e não comecem já a revirar os olhos) do mesmo modo que se faz para os bolos. (deixem a preguiça!)

Mas, a primeira coisa a fazer é calcular o número de blocos necessários por dia. E tal varia consoante a altura, peso, grau de atividade física... No meu caso, a Amelia Tilden tratou do assunto, mas na internet encontram a fórmula sem grandes problemas.

Calculado o número de blocos, mãos à obra. Eu tenho de ingerir 11 blocos diariamente, o que faz com que a minha distribuição de blocos possa ser mais ou menos isto:

Pequeno-almoço: 2
Almoço: 4
Snack: 2
Jantar: 3

A questão aqui é organizar o número de porções de comida consoante seja o nosso dia-a-dia. Ir adaptando os blocos consoante sejam as nossas necessidades.

Parece complexo, mas não é! É uma questão e hábito, só e apenas!

O ponto seguinte é perceber que os 4 blocos que terei de comer ao almoço não são 4 blocos de proteínas, carbo-hidratos e gorduras no seu todo, mas 4 blocos de proteína, 4 blocos de carbo-hidratos e 4 blocos de gordura per si, o que perfaz um total de 12 blocos só àquela refeição.
Mas agora perguntam: mas o número total de blocos ao final do dia não tem de ser 11? Sim, mas o número final refere-se apenas ao número de porções de proteína exigido, e não ao número de porção dos três componentes, senão iríamos passar muita fominha. E, como vão ver, o que não vai faltar na Diet Zone é comida.

Aliás, o melhor exemplo disso está no restaurante H3. Se repararem, o prato apresenta a porção de carne, depois o arroz ou batata frita ou esparregado e, por fim, a salada. Perfeita refeição por blocos. Façam o teste!


Sem comentários:

Enviar um comentário